Sobre…

Salve, salve viajantes e aventureiros fugitivos da rotina, este site foi criado para divulgar meios e dicas de como fugir um pouco daquela rotina cansativa que a maioria de nós sofre.

Aqui estaremos postando dicas de viagens, notícias, vídeos, fotos, relatos, lugares, pontos turísticos, eventos e muitas outras coisas voltadas ao tema, além de usar o site para divulgação de roteiros e um diário de viagem pessoal.

- Emanuel Silveira

Emanuel Silveira

Emanuel Silveira

“Sou apenas um caminhante que perdeu o medo de se perder, estou seguro que sou imperfeito, podem me chamar de louco, podem zombar das minhas ideias não importa! O que importa é que sou um caminhante que vende sonhos para passantes. Não tenho bussula nem agenda, não tenho nada, mas tenho tudo. Sou apenas um caminhante À proucura de si mesmo.”  – Augusto Cury

Conforme fui crescendo e apendendo a arte de viver, fui aos poucos percebendo que a rotina não me faz bem, e na verdade não faz bem a ninguém. E quando digo rotina, me refiro à aquela coisa de você ter que acordar todos os dias no mesmo horário, ter as mesmas tarefas, fazer tudo sempre igual como se fosse um computador programado para executar tarefas durante o dia inteiro. A sua mente está tão acostumada a executar tarefas nos horários específicos que ela deixa de trabalhar, e você acaba ficando burro e infeliz consigo mesmo. Ao menos era assim que eu me sentia a cada dia mais…

Por isso tenho tentado ficar Longe da Rotina, sempre que posso. Gosto de me aventurar, sair sem destino, sem mapa e nem bussola, gosto do incerto, passar perrengue é algo do qual já estou acostumado. Costumo pensar que sem perrengue, sem história boa pra contar depois. kkkk Me divirto nas dificuldades, e acho que posso aprender sempre mais assim. Me desafio sempre!

Sou formado em Produção Multimídia, já trabalhei como escravo estagiário no fórum de São Paulo, fui monitor de informática, e web designer em duas empresas. Hoje atuo como video-maker e fotógrafo, além do blog e canal no youtube. Nasci na terra da garoa, mas nem por isso gosto dela, prefiro lugares mais calmos e isolados, sempre senti que cidades grandes não são para mim.

Sou  praticante de Trekking, Rapel, Rope Jump, Natação, Ciclismo e longas partidas de GTA online hahaha! Admito que sou nerd, sou viciado em cinema, gosto de assistir de tudo, sou daquels que se comecei a ver um filme, tenho a obrigação de terminá-lo, seja ele ótimo ou péssimo. Com seriados a coisa é parecida, tanto é que as vezes me pego acompanhando tantos seriados ao mesmo tempo que acabo misturando algumas histórias hahaha. Ah, e claro games e quadrinhos, Já joguei bastante na minha vida, hoje me dedico a poucos e bons jogos apenas, e leio HQs apenas quando dá, mas são duas coisas que eu ainda gosto muito.

Não gosto de padrões e nem de rótulos, e nem ligo para o que os outros pensam de mim. Prefiro ser chamado de louco ao ser mais um cidadão comum com objetivos e futuro impostos pela sociedade. O meu objetivo é traçar meu próprio caminho em direção à felicidade, e não só ser feliz, mas poder também dividir essa felicidade com as pessoas ao meu redor. Sempre acreditei que a real felicidade está nas pequenas coisas, e sim é possível encontrar qualidade em coisas simples.

Sou um grande sonhador, alguns anos atrás uns amigos meus me compararam com o Walter Mitty, mas eu procuro fazer o possível para que meus sonhos se tornem realidade, não quero deixar nenhum para trás. Pois assim como disse Steve Jobs, Cada sonho deixado pra trás, é um pedaço do seu futuro que deixa de existir.”

E já que estamos falando de sonho, um dos meus maiores sonhos é conhecer um pouquinho de cada lugar e cultura nos cinco continentes desse mundão. Como e quando eu farei isso, eu não sei. Mas sei que está na minha listinha de coisas para se fazer antes de partir. (Sim, eu tenho uma listinha igual à do filme “The Bucket List“.)

Em 2015 me aventurei na minha primeira viagem de bicicleta, sem nunca ter pedalado. Saí do Brasil em direção à Cusco no Peru e de lá, comecei a pedalar descendo o mapa até chegar em Mendoza na Argentina. Foram 6 meses de puro aprendizado, grandes amizades, e muito perrengue. Pude passar pedalando por lugares incríveis dos quais turistas comuns não vão, vilarejos e pequenos pueblos de nativos, pude conviver com a cultura local, foi algo maravilhoso. E claro passei por diversos pontos turísticos também, como Machu Picchu, Lago Titicaca, La Paz, Sajama, Salar do Uyuni, Quebrada de Huamahuaca, Salta, El Leoncito, Aconcágua e muitos outros. Pretendo voltar para terminar essa viagem em breve, mas dessa vez rumo à Ushuaia.